PÁGINA INICIAL | CIDADE

Associação Sociedade Esportiva Recreativa Florença denuncia

 
Créditos: Jornal de Viamão

O Vice-presidente da associação, Olmiro Soares de Souza disse:  "Querem destruir uma instituição de 50 anos para criar mais uma praça, estamos  sendo vitima de uma armação”

No domingo dia 06 de maio a comunidade da vila Florença deu um abraço simbólico no campo em protesto a construção de uma praça aprovada no Orçamento Participativo e segundo o vice-presidente de Associação não é a vontade da comunidade.
Miro explica que é uma ideia antiga do prefeito, que desde 2007 em algumas reuniões com as associações vem dando este discurso, como alguns não tiveram interesse nessa ideia o prefeito vem preparando e pensando uma maneira de transformar alguns lugares e associações em praças, segundo Miro, tudo muito bem planejado e arquitetado para parecer que a comunidade fez a escolha. Miro ainda ressalta que essas assembleias do Orçamento Participativo não são regulares e são forjadas, pois um grupo grande
de pessoas ligadas a Prefeitura ( CC’s ) acompanham o prefeito e sua turma  para votar no Orçamento Participativo.
E que a estratégia é a seguinte, em 2011 dias antes da reunião que definiu que o campo passaria a ser uma praça, passou um carro som avisando que haveria  uma reunião em um determinado lugar mas não dizia o tema, boa parcela da comunidade que são moradores antigos não compareceram, achando que era politicagem, além de não fazer a divulgação  correta, ele ainda relata que muitos dos que comparecem para votar são funcionários da Prefeitura e que votaram a favor da praça através de um projeto bem elaborado e uma maquete, onde mostraram para o grupo de pessoas presentes, em seguida houve uma votação, e tudo parecia muito normal, mas não era,  Miro diz que cerca de vinte cinco pessoas eram da Prefeitura apenas dez pessoas eram realmente da comunidade porém sob influência de  um morador da Florença ( Agente da Prefeitura ) que levou gente sua, para fortalecer ainda mais a  votação, Miro diz não querer guerra, não querer confusão,  mas não vão aceitar esta imposição, pois é um jogo de cartas marcadas onde quem está sendo enganado é o povo.

Vanderlei dos Santos, o Vando  - Secretário da Sociedade Esportiva Recreativa Florença, diz que “Três gerações cresceram ali e que o campo é o elo de ligação entre as diversas associações de Viamão e que um campo de futebol resgata pessoas,  porém uma praça não”.
O Presidente da Associação, Volnérez Rosa diz “que além da escolinha, o campo serve para eventos religiosos e parques que ali se instalam e que esses momentos são especiais para unir a comunidade”.

O Jornal de Viamão deu voz à comunidade agora espera o posicionamento da Prefeitura.

Texto, Fotos e Vídeo: Mario Dutra

Publicado em: 08/05/2012 ás: 19:45